Arquivo da tag: Hospital Tia Dedé

Hospitais tocantinenses aderem ao movimento Outubro Rosa de prevenção ao câncer de mama

O movimento Outubro Rosa leva esse nome porque remete à cor do laço rosa que simboliza, mundialmente, a luta contra o câncer de mama e estimula a participação da população, empresas e entidades no combate à doença. E a Pró-Saúde – Associação Beneficente de assistência Social e Hospitalar não poderia ficar de fora dessa ação.

Na capital aderiram ao movimento o Hospital Geral Público de Palmas (HGPP), Hospital e Maternidade Pública Dona Regina Siqueira Campos (HMPDRSC) e Hospital Infantil Público de Palmas (HIPP). Outras unidades hospitalares onde as mulheres também estão sendo sensibilizadas sobre a importância da prevenção ao câncer de mama são o Hospital Regional Público de Miracema (HRPM), Hospital Materno Infantil Público Tia Dedé (HMIPTD), Hospital Regional Público de Araguaína (HRPA) e Hospital de Doenças Tropicais (HDT) e Hospital Regional Público de Dianópolis (HRPD).

Essas unidades hospitalares receberam a iluminação rosa, o que por si só já remete ao tema, além de banners na recepção, em cada unidade. A ação ainda inclui a sensibilização de mulheres e familiares sobre a importância da conscientização para a prevenção do câncer pelo diagnóstico precoce e palestras educativas.

 Para o coordenador operacional dessas unidades, Allan Lobo, trata-se de uma iniciativa que hoje já é conhecida por todos. “Quando você chega num ambiente com iluminação rosa, já sabe que se trata dessa iniciativa tão importante, que leva tantas pessoas a reflexão de que uma ação simples como o autoexame pode significar a diferença entre a vida e a morte”, avaliou.

Sobre o câncer de mama

É a causa mais frequente de morte por câncer na mulher, embora existam meios de detecção precoce que apresentam boa eficiência (exame clínico e autoexame, mamografia e ultrassonografia).

Dados do Inca (Instituto Nacional de Câncer) mostram que o câncer de mama é o segundo tipo mais frequente no mundo, sendo mais comum entre as mulheres. Em todo país as taxas de mortalidade por câncer de mama continuam elevadas, muito provavelmente porque a doença ainda é diagnosticada em estádios avançados. Na população mundial, a sobrevida média após cinco anos é de 61%.

Sobre o autoexame das mamas

É o exame das mamas efetuado pela própria mulher. Deve ser feito uma vez por mês. A melhor época é logo após a menstruação. Para as mulheres que não menstruam mais, o autoexame deve ser feito no mesmo dia de cada mês.

Basta que a mulher fique diante do espelho, eleve e abaixe os braços e observe se há alguma anormalidade na pele dos seios, alterações no formato, e se existem abaulamentos ou retrações.

Sobre o Movimento Outubro Rosa

Este movimento começou nos Estados Unidos, no final da década de 90, e o mês de Outubro foi escolhido porque é o mês nacional (americano) de prevenção do câncer de mama. Desde então a iniciativa vem ganhando adesão de diversos países, entre eles o Brasil.

Fonte: Giuliano Germano (Ascom/Pró-Saúde)

Hospital Tia Dedé mobiliza funcionários para a Certificação de “Hospital Amigo da Criança”

Certificação é sinônimo de atendimento exemplar às crianças

O Hospital Materno Infantil Público Tia Dedé realiza até sexta-feira, 24, uma grande mobilização entre os funcionários do hospital para a certificação Hospital Amigo da Criança. O momento é organizado pelo NEP – Núcleo de Educação Permanente e o Comitê de Aleitamento Materno, e teve inicio na segunda-feira, 20.

Durante esta semana serão realizadas palestras, ministradas por grupos multiplicadores que irão aos setores, nos horários da manhã, tarde e noite, orientando os funcionários quanto ao Incentivo ao Aleitamento Materno.

A iniciativa Hospital Amigo da Criança é uma ação de abrangência mundial da OMS/UNICEF, que visa oferecer a todos os bebês o melhor começo de vida, criando um ambiente de assistência à saúde que tenha como norma apoiar a amamentação.

Quem ganha com o Hospital Amigo da Criança?

· A mãe, que fica mais preparada e segura para amamentar o seu filho por mais tempo e de forma mais prazerosa.

· O bebê, que começa a amamentação já na sala de parto e mama por mais tempo, prolongando assim os benefícios do aleitamento materno como melhor nutrição, menos doenças e fortalecimento dos laços afetivos com a mãe.

· A família, que evita gastos com a compra de outros leites e tratamento de doenças. Uma criança saudável proporciona à família momentos mais tranqüilos e felizes.

· O hospital, que recebe um selo de qualidade com o título de Hospital Amigo da Criança, o que melhora a sua imagem, reputação e satisfação da população. Além disso, economiza comprando menos leite, chupetas e mamadeiras.

· O sistema de saúde, que gasta menos com consultas e internações.

· A sociedade, pois contará com crianças e futuros adultos mais saudáveis.

Fonte: Viviane Noleto (Ascom/Sesau)

 

Amamentar, ato natural e sustentável

O ato de amamentar está em plena sintonia com um desafio contemporâneo: o da sustentabilidade. É o que explica o médico Glauco Miranda, Diretor Técnico do Hospital Materno Infantil Público Tia Dedé, no artigo aqui compartilhado. “É sustentável, pois diminui o gasto de água para preparar os alimentos; não gasta combustível para esquentar o leite; não produz poluição; diminui a fabricação de produtos plásticos, como chuquinhas e mamadeiras” justifica o especialista em Ginecologia e Obstetrícia que integra a equipe da Pró-Saúde responsável pela gestão de 17 hospitais públicos estaduais do Tocantins.

Dr. Glauco defende a necessidade dos profissionais conscientizarem as mães sobre o aleitamento materno, tanto pelas vantagens para a saúde da mulher e da criança, quanto do ponto de vista da gestão das políticas públicas. “Devido a todas vantagens citadas acima é que a instituição Hospital Materno Infantil Tia Dedé, de Porto Nacional – TO, abraçou a ideia de Hospital Amigo da Criança, sabendo que essa política é uma maneira sustentável e salutar de ajudar a população portuense a melhorar sua saúde e sua expectativa de vida”, conclui.

O Coordenador Operacional da Pró-Saúde para a capital e região metropolitana tocantinense Allan Lacqueson Barbosa Lobo, propôs à equipe o registro do legado desses meses de gestão e ficou entusiasmado  com o retorno: Estimular a equipe a escrever é reconhecer e confiar no potencial dos liderados; a participação de médicos na elaboração desses artigos demonstra a sintonia de uma equipe multidisciplinar”, declara.

Confira a íntegra do artigo do Dr. Glauco. Compartilhe e comente!

[prettyfilelink src=”http://prosaudetocantins.org/wp-content/uploads/2012/08/Artigo-REVISADO-Dr.-Glauco1.docx” type=”doc”]Artigo REVISADO – Dr. Glauco[/prettyfilelink]

Saiba mais e compartilhe também outros artigos da equipe da Pró-Saúde:

Maria Beatriz Fernandes Rosa, Implantação do Processo de Enfermagem como subsídio para a Certificação Hospital Amigo da Criança – segundo Dra. Wanda de Aguiar Horta. Leia aqui.

Lafaete Teixeira Jr. e Ivete Silveira Borges, Higienização Hospitalar, mitos e verdades. Leia aqui.

Flávio Marcosini de Souza, Dez passos para ser Hospital Amigo da Criança. Leia aqui.

Hospital Tia Dedé fala sobre cuidados às gestantes e parturientes

Debate aprimora conhecimento das pacientes sobre cuidados com filhos

As gestantes e parturientes internadas no Hospital e Maternidade Tia Dedé contam agora com um momento descontraído para tirarem dúvidas e discutirem sobre dicas e cuidados da mãe e do bebê. O curso, que teve início nesta segunda-feira, 13, é feita por meio de rodas de conversas, com duração de uma hora, e serão realizados todos os dias.

As mães estão gostando da iniciativa e estão aproveitando a oportunidade para esclarecem dúvidas, aprenderem mais e trocarem experiências. Na ocasião, discutem assuntos como: a recuperação no período pós-parto; cuidados de higiene para mãe e bebê; incentivo e importância do aleitamento materno; alimentação saudável; teste do pezinho e vacinação, entre outros.

A iniciativa, realizado pelo grupo de enfermeiros e equipe multiprofissional do Hospital, objetiva realizar orientações com o intuito de oferecer um atendimento de qualidade e humanizado às pacientes do hospital.

Fonte: Caroline Falcão (ascom/Sesau)

Somos gente que cuida de gente

A mensagem da Dra. Wanda de Aguiar Horta, pioneira da fundamentação teórica para a enfermagem no Brasil, sintetiza o artigo de Maria Beatriz Fernandes Rosa, diretora de enfermagem do Hospital Materno Infantil Público Tia Dedé, em Porto Nacional. O tema é: Implantação do Processo de Enfermagem como subsídio para a Certificação Hospital Amigo da Criança – segundo Dra. Wanda de Aguiar Horta

“Somos gente que cuida de gente”, resumia a enfermeira paraense sobre os desafios de sua profissão. Suas pesquisas nos anos 60 representaram um divisor de águas na enfermagem brasileira e hoje inspiram a equipe do Tia Dedé a conquistar a certificação de Hospital Amigo da Criança. “Gente que cuida de gente” também define o trabalho diário da equipe da Pró-Saúde que, encerrando antecipadamente o contrato de gestão de 17 unidades hospitalares públicas do Tocantins, documenta os avanços conquistados para a população.

O Coordenador Operacional Allan Jacqueson Barbosa Lobo, responsável pelas unidades hospitalares de Palmas e região metropolitana, tem estimulado sua equipe a produzir artigos científicos, como forma de registrar o legado da organização filantrópica durante a vigência do contrato firmado com o governo. “Nosso objetivo é dar oportunidade para que todos os profissionais possam demonstrar de maneira científica e acadêmica o seu conhecimento, além de buscar o aprimoramento profissional e o crescimento pessoal”, justifica Allan.

O Blog da Pró-Saúde Tocantins compartilha aqui o trabalho de Maria Beatriz Fernandes Rosa, enfermeira formada pela UNIFESP, com residência em Cardiologia pelo Instituto Dante Pazanese de Cardiologia, Especialista em Emergências e Administração de Serviços de Enfermagem pela Escola de Enfermagem do Hospital Albert Einstein, Instrutora de ACLS (Advanced Cardiac Life Suport) pelo Medical Treining of Miami, e atualmente Diretora de Enfermagem do Tia Dedé.

Diz a autora: “A prática de Enfermagem alicerça-se em habilidades e capacidades específicas que ajudam a determinar o que deve ser feito, porque deve ser feito, por quem deve ser feito. São habilidades e capacidades cognitivas (pensamento e raciocínio), psicomotoras (físicas) e afetivas (emoções, sentimentos e valores), agregados a conhecimento e perícia no uso das técnicas de resolução de problemas e liderança na implementação do plano de intervenções”. Leia, comente e compartilhe.

[prettyfilelink src=”http://prosaudetocantins.org/wp-content/uploads/2012/08/SAE-MARIA-BEATRIZ-Revisado.docx” type=”doc”]SAE – MARIA BEATRIZ – Revisado[/prettyfilelink]

Leia também o artigo de Lafaete Teixeira Jr. e Ivete Silveira Borges, Higienização Hospitalar, mitos e verdades, clicando aqui.

E leia aqui o artigo de Flávio Marcosini de Souza no artigo sobre os Dez passos para ser Hospital Amigo da Criança

Hospital Tia Dedé realiza II Semana do Aleitamento Materno

Para alertar sobre a importância da amamentação o Hospital Materno Infantil Tia Dedé (HMITD) está realizando a II Semana do Aleitamento Materno nas dependências da unidade hospitalar.

As ações começaram na última quarta-feira (01/08) com uma palestra da fisioterapeuta Liliane Pacheco sobre  “A importância da Amamentação”, seguida de atividade educativa com pacientes que conheceram dinâmicas sobre amamentação e afetividade com a psicóloga Cíntia Regina e a terapeuta ocupacional Maria José Carvalho.

A programação desta quinta-feira (02/08)  começou pela manhã com palestra sobre o Método Canguru com a psicóloga Ana Félix e a técnica de enfermagem Gualdina Oliveira. À tarde, atividade de Shantala, uma técnica que pode ser usada nos berçários. Consiste em uma massagem, numa sequência de movimentos que trabalha todo o corpo dos bebês, e está sendo realizada pela equipe de fisioterapia do hospital.

Na sexta-feira (03/08), o obstetra e ginecologista Glauco Miranda vai falar sobre “Fisiologia do Aleitamento Materno”. À tarde, a enfermeira Mércia Mascarenhas realiza atividade com a mama de pano.

No sábado (04/08), a equipe multiprofissional do Tia Dedé realiza orientações nos leitos e distribuição de panfletos, enquanto no domingo (05/08) está prevista uma entrevista da médica pediatra Seyna Ueno sobre amamentação, na rádio AM Tocantins.

Doação de frascos

Na entrada do hospital está sendo realizada uma campanha de doação de frascos com tampa de plástico para armazenar leite materno. Eles serão entregues ao Banco de Leite do Hospital e Maternidade Dona Regina  (HMPDR), com direito à premiação de dois profissionais da equipe que arrecadarem mais recipientes.

As atividades continuam na segunda-feira (06/08) com palestra da psicóloga Lúcia Rossana e da técnica de Enfermagem Mônica Pereira Aconselhamento em Amamentação” pela manhã. À tarde, a programação será marcada pela exposição de fotos da Semana da Amamentação. Os registros são da fisioterapeuta Fernanda Póvoa.

A Semana do Aleitamento Materno do Tia Dedé termina na terça-feira (07/08) com palestra  a fisioterapeuta Simone Ribeiro sobre parto humanizado, apresentação de uma banda musical e distribuição de flores para as mães que amamentam.

A programação e as atividades foram desenvolvidas pela equipe multidisciplinar da unidade hospitalar, incluindo médicos, enfermeiros, psicólogos, fisioterapeutas, em parceria com a diretora do Estado, Adailse Alves Paixão. E vem sensibilizando mães-pacientes, acadêmicos e profissionais de saúde sobre a importância da amamentação.

“Estamos divulgando amplamente as vantagens da amamentação, além de atualizar e capacitar os profissionais de saúde que trabalham com mães e crianças, sobre assuntos relacionados ao aleitamento materno”, afirma o diretor da Pró-Saúde, Remídio Vizzoto. 

A atividade beneficia aproximadamente 300 pessoas, entre funcionários e pacientes e faz parte da estratégia da direção geral voltada à melhoria do atendimento, visando a certificação pela UNICEF de Hospital Amigo da Criança.

Fonte: Giuliano Germano (Ascom/Pró-Saúde)

Hospital Regional de Porto Nacional e Tia Dedé e promovem Semana de Enfermagem

Teve início nesta quinta-feira, 10, a semana da enfermagem de Porto Nacional. Promovido em parceria entre o HRPPN – Hospital Regional Público de Porto Nacional, o HMITD – Hospital Materno Infantil Tia Dedé e o ITPAC – Instituto Tocantinense Presidente Antônio Carlos, a iniciativa tem como tema a “Atuação da Enfermagem na Segurança do Paciente em Ambiente Hospitalar”.
Na manhã desta quinta-feira, 10, teve palestra sobre o tema “Ocorrência e Prevenção de Eventos Adversos”, abordando questões como punção venosa, perda de sonda, flebites e úlceras de pressão, com as enfermeiras Karine Kummer Gemelli e Talita Rocha Cardoso.
À tarde o enfermeiro Edmilson Andrade Reis discorreu sobre “Segurança do Paciente Relacionado ao Processo de Enfermagem”, seguido da enfermeira Maria Beatriz Rosa Fernandes, que abordou os temas “Eletrocardiograma e Ritmos de Riscos” e “Acolhimento e Classificação de Risco”. A enfermeira Patrícia Romano de Freitas também palestrou sobre o tema “Indicadores de Enfermagem e Segurança”.
Nesta sexta-feira, 11, a programação continua com palestras das enfermeiras Maria Diniz e Esla Lessa Borba, abordando os temas “Implicação legal das Iatrogenias” e “Cirurgia Segura, Pré, Trans e Pós e Segurança nos Processo de Esterilização”. Já a médica Francisca Rosaline Leite Mota aborda o tema “Enfermagem e o Uso das Ferramentas Virtuais na Segurança”.
A programação, que encerra nesta sexta-feira, 11, contou com a participação de cerca de 300 pessoas, entre colaboradores e acadêmicos. A inscrição foi um pacote de fralda, geriátrica ou infantil, que foi revertida para os pacientes das unidades hospitalares.
Para o diretor geral do HRPPN, Omar Dietrich, a semana da enfermagem de Porto é o momento onde tanto os profissionais mais experientes como os acadêmicos se reúnem para ampliar seus conhecimentos. “Este momento é para nossos profissionais que estão sempre ao lado do paciente dando um atendimento humano aprendem novas técnicas para garantir uma assistência cada vez mais qualificada para que a melhora e alta dos nossos clientes seja cada vez mais rápida e o menos traumatizante possível”, comentou.
 
O diretor geral do Tia Dedé, Remídio Vizzotto também reforçou a importância do evento. “Trata-se da busca pela excelência, algo que todo profissional, independentemente da área de atuação deve buscar. Mas no caso da saúde, essa necessidade é ainda maior. É preciso se aprimorar continuamente, além de saber relacionar-se com toda a equipe e com os pacientes”, afirmou.
Fonte: Giuliano Germano (Ascom/Pró-Saúde)