Arquivo da tag: Pró-Saúde

Pró-Saúde divulga relatório de prestação de contas de janeiro 2013

De acordo com seus valores e fiel ao princípio da transparência, a Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar vem tornando públicas as prestações de contas mesmo antes da Lei de Acesso à Informação entrar em vigor.  O Relatório de Desempenho de 01/2013 relativo ao Contrato de Gerenciamento SESAU e Pró-Saúde TO com o Governo de Tocantins para a gestão compartilhada dos hospitais públicos estaduais, que foi encerrado em 31 de janeiro de 2013, está aqui disponível para consulta. 

Pró-Saúde – SESAU-TO – PRESTAÇÃO DE CONTAS – Janeiro – 2013

Pró-Saúde divulga relatório de prestação de contas de dezembro 2012

Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar sempre torna públicas as prestações de contas, de acordo com seus valores e fiel ao princípio da transparência. O Relatório de Desempenho de 12/2012 relativo ao Contrato de Gerenciamento SESAU e Pró-Saúde TO com o Governo de Tocantins para a gestão compartilhada dos hospitais públicos estaduais está disponível para consulta neste link. 

http://www.scribd.com/doc/139834962/Pro-Saude-SESAU-TO-PRESTACAO-DE-CONTAS-12-Dezembro-2012

Clique aqui para conferir todos os relatórios.

Hospital Regional de Santarém: Referência em Ensino e Pesquisa na Região Oeste do Pará

Desde que assumiu a gestão do Hospital Regional do Baixo Amazonas do Pará, no município de Santarém, em maio de 2008, a Pró-Saúde vem se dedicando em tornar o HRBA uma referência em saúde de média e alta complexidade da Região Oeste e todo o Estado do Pará. Mas, além disso, o HRBA nasceu com a nobre missão de ser um hospital formador e hoje é um pólo para a formação e desenvolvimento de profissionais em diversas áreas da saúde.

25.02.13 - HRBA

Os resultados desse esforço já podem ser percebidos. Em 2013, o HRBA contará com a Residência Médica em 05 especialidades, implantação da Residência Multiprofissional e centenas de estagiários de medicina, enfermagem, fisioterapia e outras áreas. Esses avanços foram obtidos graças à parceria entre a Pró-Saúde, Governo do Estado do Pará, através da SESPA, e a UEPA – Universidade do Estado do Pará. Além da formação de profissionais, diversos trabalhos de pesquisa científica já foram apresentados em Congressos Nacionais e Internacionais, destacando-se a Equipe do Complexo Oncológico que apresenta os estudos desenvolvidos e os bons resultados obtidos nos tratamentos realizados pelo HRBA.

 Para os alunos de medicina e médicos formados na região, o HRBA representa a  possibilidade de continuar morando em Santarém, perto da família e amigos, e realizar a Residência Médica, o que não era possível antes da estruturação do HRBA e a parceria com a UEPA.

Na assistência oncológica, o HRBA trouxe para Santarém o que há de mais atual em pesquisa, tecnologia e tratamento para o câncer. Para a Dra. Kalysta Borges, médica onco-hematologista, a proposta de participar cada vez mais das áreas de ensino e pesquisa científica é uma oportunidade de novas descobertas e terapêuticas. “Temos uma grande oportunidade de novos conhecimentos na área do câncer aqui na Amazônia. É uma realidade diferente da que encontramos nas outras regiões do Brasil, afinal a nossa fauna e flora é muito diversificada e assim podemos aumentar a pesquisa em relação ao câncer”, enfatizou Dra. Kalysta Borges.

A Dra. Jéssica Toledo, natural do Chile, com revalidação da formação médica no Brasil, é um exemplo da grande importância que a Residência Médica tem para a cidade de Santarém, atraindo médicos de outros centros para atuar em nossa região. “O Brasil é um país muito receptivo e Santarém não é uma exceção. Aqui no HRBA temos a chance de enriquecer o nosso aprendizado, uma vez que nos proporciona um desenvolvimento profissional intenso e de qualidade, que será fundamental para a nossa carreira”, destaca a médica residente em cirurgia geral.

O Diretor Técnico do HRBA, Erik Jennings, salienta a importância do Hospital Regional em ser uma referência na formação de profissionais para a região. Desde que o HRBA foi inaugurado ele teve um papel fundamental na descentralização da assistência em alta complexidade, evitando que pacientes sejam transferidos para Belém. “Podemos dizer que hoje o Hospital é um pólo de conhecimento. O HRBA foi o maior avanço tecnológico dos últimos 50 anos em nossa cidade. Somos resolutivos, e temos uma excelência assistencial que possibilitou a implantação da Residência Médica e Multiprofissional. Além disso, quando se tem uma estrutura maravilhosa como a nossa e boas condições de trabalho, isso se torna um atrativo a mais para que os médicos se interessem em vir para nossa região e fixarem residência. O HRBA proporciona tudo isso”, destacou Dr. Erik.

O Diretor Técnico ainda conta que quando o Hospital Regional foi inaugurado, ele já imaginava que fosse possível obter grandes progressos na área da saúde. Com o passar do tempo e a chegada da Pró-Saúde, esse crescimento foi muito maior e de forma acelerada. Mas, ainda há muitas possibilidades de crescimento e projetos em desenvolvimento, citando como exemplo, a ampliação das UTI(s), a inauguração da Braquiterapia e a implantação dos Transplantes, todos previstos para o primeiro semestre de 2013.

A Diretora Administrativo-financeira, Meire Barcelos, relata que hoje o hospital está em processo de habilitação e credenciamento para se tornar um Hospital de Ensino junto ao Ministério da Saúde.

“Estamos com toda a equipe HRBA, da nossa parceira UEPA, da SESPA e também de outras Instituições de Ensino mobilizadas nesse grandioso projeto para habilitarmos o Hospital Regional como “Hospital de Ensino”. Creio que em breve essa meta será alcançada e seremos o primeiro na Região Oeste do Pará”, enfatizou Meire Barcelos.

O Hospital Regional do Baixo Amazonas iniciou sua primeira parceira com a Universidade do Estado do Pará em 2012.  Em 2013, esta parceria está sendo ampliada para outras entidades formadoras de profissionais em saúde. A iniciativa contempla quatro Universidades de Santarém, nas áreas de enfermagem, medicina, fisioterapia, psicologia, radiologia, farmácia e serviço social, num total de 461vagas.

Segundo uma das Coordenadoras do Projeto, Celiane Garcia, essa iniciativa é de extrema importância uma vez que os estudantes têm a oportunidade de colocar em prática o que lhes foram repassados em sala de aula. “2013 será um ano de expansão do número de entidades formadoras e de vagas ofertadas. Já somos a maior estrutura para concessão de estágios e formação de profissionais em saúde”, finalizou a Coordenadora.

Residência Médica

Iniciada em 2012, em parceria a Universidade do Estado do Pará – UEPA, a Residência Médica no HRBA está crescendo a passos largos. Este ano estão sendo oferecidas mais 18 vagas distribuídas em cinco especialidades: Clínica Médica, Cancerologia Clínica, Medicina da Família e Comunidade, Cirurgia Geral, e Ortopedia e Traumatologia. Para o Dr. Fábio Tozzi, Coordenador Adjunto do Curso de Medicina e Coordenador Geral das Residências Médicas da UEPA – Campus Santarém, a inclusão dos novos cursos reforça o sucesso do projeto de Residência. “Já estamos  planejando novos cursos para 2014 e continuaremos crescendo para oferecer mais oportunidades aos médicos que já atuam em nossa região e para os recém-formados na UEPA. Sem a maravilhosa estrutura do HRBA, isso seria impossível”, diz Fábio Tozzi.

Para a acadêmica de medicina, Daniela Mendonça, a experiência prática no Hospital Regional é um diferencial. “O HRBA é um hospital que possui um centro cirúrgico e unidades de internação muito bem estruturadas e organizadas. Também conta com excelentes recursos diagnósticos e a atenção ao paciente é multiprofissional e humanizada. Isso vai fazer muita diferença em nossa formação, pois aqui estamos aprendendo a fazer da maneira correta”, enfatizou Daniela.

Residência Multiprofissional

Pela primeira vez na história da saúde da região, foi aprovada a implantação do Programa Nacional de Bolsas para Residência Multiprofissional. Para Santarém foi aprovada a residência multiprofissional em Traumato-Ortopedia.

O fato inédito foi iniciativa da Secretaria de Estado de Saúde Pública (SESPA), UEPA e Pró-Saúde, que em junho do ano passado realizaram no Hospital Regional de Santarém uma Oficina para construção do Projeto de Residência Multiprofissional. A oficina também contou com a participação de profissionais do Hospital Regional de Altamira. O Projeto foi aprovado no dia 06 de agosto de 2012 pela COREME – UEPA.

As primeiras áreas serão beneficiadas com nove vagas para as especialidades de Terapia Ocupacional, Enfermagem, Psicologia, Fisioterapia, Farmácia, Fonoaudiologia e Serviço Social. A definição da especialidade para a formação da equipe multiprofissional ocorreu em virtude do aumento significativo de pacientes vítimas de acidentes automobilísticos na região, que gera a necessidade de mais profissionais especializados em Traumato-Ortopedia para atender a grande demanda.

Complexo Oncológico do HRBA – Destaque em Congressos Nacionais e Internacionais

O Complexo Oncológico do HRBA vem se destacando em números de atendimentos, inovação, cuidados especiais humanizados, tratamentos especializados, cirurgias de alta complexidade, e também, em apresentações científicas em Congressos Nacionais e Internacionais da Especialidade. Em 2012, foram 11 trabalhos científicos e relatos de casos desenvolvidos pelos profissionais da Oncologia do HRBA que foram estudados por especialistas de todo Brasil.

No XIX Congresso Brasileiro de Cancerologia, o HRBA foi destaque com trabalhos do Serviço de Psico-oncologia que apresentou o Perfil Psico-emocional de Pacientes Oncológicos acompanhados no HRBA, defendido pelos médicos oncologistas, Dra. Kalysta Borges e Dr. Marcos Fortes, Coordenador do Complexo Oncológico do HRBA. No mesmo congresso, também foi apresentado pela mesma equipe um trabalho científico na área de Onco-hematologia com o tema: “Abdômen agudo hemorrágico por espinha de peixe em acidente com Leucemia Mielóide Crônica.

A Equipe Multidisciplinar de Terapia Antineoplásica e de Radioterapia do HRBA está em conformidade com as melhores práticas da assistência continuada e com o programa de participação de congressos científicos nacionais e internacionais para certificação na Comissão Nacional de Acreditação. Para Dra. Kalysta Borges o grande diferencial dos casos apresentados nos congressos ficam por conta da diversidade cultural dos vários municípios que o HRBA presta assistência. “Temos casos registrados que não são comuns de acontecerem em outro lugar do Brasil, como por exemplo, paciente que teve abdômen agudo hemorrágico por espinha de peixe que evoluiu para uma leucemia. Esse é apenas um exemplo. Mas, temos tantos outros que se tornaram estudos de casos em congressos científicos apresentados pelo HRBA e que trouxeram prêmios e reconhecimento da sociedade científica”, finaliza Dra. Kalysta.

O Coordenador do Complexo Oncológico do Hospital Regional do Baixo Amazonas, Dr. Marcos Fortes, ressalta a importância da participação em congressos nacionais e internacionais que acontecem no decorrer do ano. Ele diz que nessas ocasiões ocorre a disseminação e a partilha de conhecimentos, e também o aprimorando de práticas na área médica. “O desempenho da Equipe Multidisciplinar do Complexo Oncológico do HRBA no desenvolvimento de pesquisas científicas foi excelente. Pudemos apresentar para profissionais do Brasil e do exterior a assistência que prestamos em nosso serviço e compartilhar estudos de casos com características específicas de nossa região. Nosso serviço cresce a cada dia e tenho certeza que em 2013 poderemos apresentar mais trabalhos científicos desenvolvidos em nosso hospital”, conclui Dr. Marcos Fortes.

Para o Diretor Geral do HRBA, Hebert Moreschi, a rápida evolução dos serviços e as parcerias firmadas foram fundamentais para a obtenção dos excelentes resultados em tão pouco tempo. “Estamos muito felizes com os resultados que obtivemos num curto espaço de tempo. A decisão do Governo do Estado do Pará em investir recursos na descentralização da Assistência de Alta Complexidade e na formação de profissionais em Saúde vai de encontro a duas grandes necessidades da nossa região. O HRBA é um hospital com alto grau de resolução, fazendo com que as pessoas sejam assistidas em sua origem, próximas as suas famílias e sem a necessidade de deslocamento para locais desconhecidos. Temos uma enorme carência de profissionais médicos e dificuldade de trazê-los de outras regiões para a nossa. Por isso, a melhor alternativa é formá-los aqui. Agradeço imensamente a parceria da UEPA e a nossa competente Equipe HRBA pelo comprometimento. Para 2013, temos diversos projetos em andamento que trarão mais qualidade e segurança em saúde para toda a População do Oeste do Pará”, conclui Hebert.

Fonte: Ascom/HRBA

Inscrições 9º Prêmio FBAH de Administração Hospitalar

A FBAH iniciou à partir da Quarta-Feira (06/02/13) as inscrições para evento que tem como objetivo reconhecer e premiar os gestores hospitalares que se destacam em suas instituições e na comunidade através de projetos eficientes, responsáveis e criativos, e que tenham feito a diferença nessas instituições e comunidades.

 Informações e inscrições no site: www.fbah.org.br

14.02.13 - fbah

Fonte: Associação Brasileira de Administradores Hospitalares

 

Sistema de Gestão Ambiental é realidade na Pró-Saúde

Certificado ISO em InglesA Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar cumpriu uma importante etapa no processo de construção das bases para o seu Sistema de Gestão Ambiental: conquistou a certificação ABNT NBR ISO 14001:2004 para suas sedes social e administrativa.

O conjunto de normas desenvolvidas pela International Organization for Standardization (ISO) estabelece diretrizes para a gestão ambiental nas corporações. E a auditoria independente da Fundação Carlos Alberto Vanzolini atestou que a Pro-Saúde cumpre esses padrões internacionais em todos os seus processos. 

IMG_0009Para o consultor João Marcos Penhalber, que coordenou o projeto, essa certificação ISO é um marco na trajetória da entidade filantrópica especializada em administração hospitalar. “É um caminho sem volta, em sintonia com os princípios do desenvolvimento sustentável” avalia.  

As medidas adotadas levaram à mudança de rotinas que impactaram na redução significativa de consumo de energia, como a substituição e lâmpadas fluorescentes por tecnologia LED. O gerenciamento de resíduos sólidos também produziu resultados concretos. “Em dois anos, reciclamos cinco toneladas de resíduos sólidos, doados a uma cooperativa de catadores de papel. Reduzimos em 27% o consumo de energia elétrica e em 21% o de água” comemora Penhalber, envolvido agora na manutenção e continuidade do sistema de gestão ambiental sempre em busca da melhoria contínua dos processos.

Um dos objetivos da entidade é o desdobramento do Sistema de Gestão Ambiental para suas unidades administradas. “Será um legado da Pró-Saúde para nossos parceiros em todo o território nacional” defende João Marcos Penhalber.

 

Bom exemplo: HURSO promove campanha para conscientização no Carnaval

OLYMPUS DIGITAL CAMERA 

A O.S. Pró-Saúde/Hospital de Urgência da Região Sudoeste promoveu uma ação no dia 08 de fevereiro com o intuito de orientar a população de Santa Helena de Goiás (GO) sobre a importância do uso de preservativos como medida preventiva contra a transmissão do vírus HIV, agente causador da AIDS.

Foram mais de mil kits de preservativos, lubrificantes e panfletos entregues aos cidadãos, fornecidos pela Secretaria Estadual de Saúde do Governo de Goiás (SES/GO), com a temática: Camisinha – Use sempre que o clima esquentar! e Se beber não dirija!.

“Tradicionalmente as campanhas na época do carnaval são voltadas principalmente para a conscientização do uso da camisinha, mas não podemos deixar de alertar sobre o alto índice de acidentes de trânsito neste período”, afirma Carla Borges, Diretora Assistencial do HURSO.

De acordo com Magda Ferreira, 42, mãe de dois filhos adolescentes, as campanhas sobre preservativos abrem espaço para que os pais consigam orientar seus filhos sem que o assunto seja um tabu. “Eu oriento meus filhos, mas essas campanhas ajudam a informação ter uma amplitude maior orientando também aos que não tem uma conversa aberta em casa”, conta.

Números

De acordo com a SES/GO, o primeiro caso de Aids no estado de Goiás foi diagnosticado em 1984, em um indivíduo do sexo masculino, residente no município de Goiânia. A partir deste ano até 30 de junho de 2012, o Estado registrou no Sistema de Informação de Agravos de Notificação – SINAN, 11.253 casos de Aids em indivíduos residentes no estado de Goiás, sendo 11.050 ( 98,2%) em adultos maiores de 13 anos de idade e 203 (1,8%) em crianças menores de 13 anos. Quanto à distribuição dos casos segundo sexo, observou-se que 67,5% eram homens e 32,5% mulheres.

(Fonte: Assessoria de Imprensa HURSO)

Prestação de Contas do Hospital Universitário de Jundiaí é aprovada por unanimidade

O Hospital Universitário (HU) realizou na tarde da última quarta-feira (30) reunião de prestação de contas para o Conselho Gestor da instituição. O trabalho foi conduzido pelo diretor administrativo do HU, Matheus Gomes, e contou com o apoio do Dr. Itibagi Rocha Machado, presidente do Conselho e superintendente do HU, e do Dr. Maurício Loureiro, diretor clínico do hospital. Durante a reunião, realizada no auditório do HU, foram apresentados os dados referentes ao 3º quadrimestre de 2012 (setembro, outubro, novembro e dezembro).

06.02.13 - HU

A Prestação de Contas foi aprovada por unanimidade e resultou em muitos elogios dos conselheiros que devem encaminhar ofício a Faculdade de Medicina de Jundiaí, Fundação Dr. Jayme Rodrigues e Pró-Saúde – Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar, com cópia para a Secretaria Municipal de Saúde, enaltecendo a qualidade do serviço de saúde prestado à sociedade pela instituição.

Fonte: Roberta Oliveira (Ascom/HU)